Institucional

SUBSTITUIÇÃO DE GELADEIRAS E LÂMPADAS PARA COMUNIDADE BAIXA RENDA EM POÇOS DE CALDAS - MG - 2ª ETAPA

Período do Projeto:
01/01/2013 à 01/02/2014

Objetivo:
Reduzir o consumo de energia elétrica em residências de clientes de baixo poder aquisitivo através da substituição de refrigeradores pouco eficientes e/ou em má situação de conservação e lâmpadas incandescentes por equipamentos mais eficientes energeticamente.

Abrangência:
Clientes residenciais do município de Poços de Caldas (área de concessão da DME Distribuição). A execução deste projeto contemplou 1.250 unidades consumidoras enquadradas na “tarifa social” em diversos bairros do município.

Energia Economizada:
1.238,62 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
397,82 kW

Impactos Sociais e Ambientais:
Incentivo à substituição de equipamentos ineficientes por modelos mais modernos e eficientes, com certificação PROCEL. Disseminação do conceito de eficiência energética e de escolhas sustentáveis, que geram economia de energia e postergam novos investimentos em empreendimentos de geração de energia.

Duração esperada dos benefícios:
Lâmpadas: 5 anos / Refrigeração: 10 anos

Investimentos:
Previstos: R$ 1.671.475,00

Realizados: R$ 1.234.241,64

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
361,38

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
158,62

Relação Custo Benefício - RCB:
0,70

 

 

CAMPANHA DAS BANDEIRAS TARIFÁRIAS E USO CONSCIENTE DE ENERGIA

Período do Projeto:
11/2/2015 a 30/4/2015

Objetivo:
Campanha de esclarecimento das Bandeiras Tarifárias e Uso Eficiente de Energia Elétrica, prevista na Resolução Normativa ANEEL nº 649/2015, classificada como projeto prioritário, executada de maneira cooperada por 55 empresas distribuidoras de energia elétrica do Brasil, através do Instituto ABRADEE.

Abrangência:
Clientes de todo o território nacional

Energia Economizada:
Não se aplica para este tipo de projeto

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
Não se aplica para este tipo de projeto

Impactos Sociais e Ambientais:
Incentivo à substituição de equipamentos ineficientes por modelos mais modernos e eficientes, com certificação PROCEL. Disseminação do conceito de eficiência energética e hábitos sustentáveis, que geram economia de energia e preservam o meio ambiente.

Duração esperada dos benefícios:
Não se aplica a este tipo de projeto

Investimentos:
Previstos: R$ 100.000,00 (parcela apenas da DMED)

Realizados: R$ 100.000,00

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
Não se aplica a este tipo de projeto

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
Não se aplica a este tipo de projeto

Relação Custo Benefício - RCB:
Não se aplica a este tipo de projeto

  

 

 

 

ESCOLA E CIDADÃOS ECOEFICENTES - REDE MUNICIPAL

Período do Projeto:
31/01/2013 à 31/07/2014

Objetivo:
Capacitar professores da rede pública municipal para multiplicar conceitos básicos de eficiência energética e conscientizar a comunidade escolar para a importância do combate ao desperdício de energia elétrica e também, da coleta seletiva que proporciona a economia de energia elétrica por meio da reciclagem dos resíduos.

Abrangência:
O projeto foi realizado em toda rede municipal de ensino (Cliente: Poder Público) na cidade de Poços de Caldas – MG (área de concessão da DME Distribuição), totalizando 25 escolas, abrangendo aproximadamente 12.267 alunos do ensino fundamental e 48 educadores.

Energia Economizada:
136,54 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
Não se aplica para projetos educacionais

Impactos Sociais e Ambientais:
Contribuir para a formação de cidadãos responsáveis através da abordagem de questões relativas à ética, cidadania, conservação do meio ambiente, sustentabilidade, importância do consumo consciente, reciclagem e reaproveitamento dos recursos.

Durante a execução do projeto, houve um incremento na renda mensal dos cooperados da Cooperativa Ação Reciclar (catadores de materiais recicláveis), em função dos resíduos arrecadados nas escolas participantes do projeto.

Também foram recolhidas 2.400 lâmpadas fluorescentes (contendo mercúrio) geradas pelas escolas, alunos e professores participantes do projeto, as quais foram encaminhadas para descontaminação com posterior reciclagem.

Duração esperada dos benefícios:
Não se aplica para projetos educacionais

Investimentos:
Previstos: R$ 224.100,00

Realizados: R$ 149.582,93

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
Não se aplica para projetos educacionais

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
Não se aplica para projetos educacionais

Relação Custo Benefício - RCB:
Não se aplica para projetos educacionais

  

 

 

 

INSTALAÇÃO DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR E SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS NO CONDOMÍNIO SÃO JORGE

Período do Projeto:
01/09/2014 à 31/12/2015

Objetivo:
Reduzir o consumo de energia elétrica em residências de clientes de baixo poder aquisitivo através da substituição de chuveiros elétricos e lâmpadas incandescentes por sistemas de aquecimento solar de água e lâmpadas LFC, respectivamente.

Abrangência:
Clientes residenciais do município de Poços de Caldas-MG (área de concessão da DME Distribuição S.A.). A execução deste projeto contemplou 160 famílias localizadas no Condomínio São Jorge.

Energia Economizada:
153,74 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
52,10 kW

Impactos Sociais e Ambientais:
Redução no valor da fatura de energia elétrica de consumidores baixa renda, democratização do uso de tecnologias que utilizam recursos renováveis para aquecimento de água e postergação de novos investimentos na geração de energia elétrica.

Duração esperada dos benefícios:
Lâmpadas: 5 anos / Sistema de Aquecimento Solar: 20 anos

Investimentos:
Previstos: R$ 82.800,00

Realizados: R$ 381.056,52

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
407,81

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
133,12

Relação Custo Benefício - RCB:
0,59

  

 

 

 

INSTALAÇÃO DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR E SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS NO ASILO LAR DOS VELHINHOS

Período do Projeto:
01/03/2015 à 31/12/2015

Objetivo:
Implantação de sistemas de aquecimento solar em instituição sem fins lucrativos, visando a substituição dos chuveiros elétricos e a troca das lâmpadas incandescentes existentes, por outras LFC, objetivando a redução do consumo de energia elétrica e retirada de demanda do horário de ponta.

Abrangência:
Cliente sem fins lucrativos, enquadrado na classe Comercial do município de Poços de Caldas – MG (área de concessão da DME Distribuição). A execução deste projeto contemplou diretamente 36 unidades consumidoras localizadas no Asilo Lar dos Velhinhos.

Energia Economizada:
47,02 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
22,67 kW

Impactos Sociais e Ambientais:
Melhoria da qualidade do atendimento do Asilo Lar dos Velhinhos; maior conforto nos banhos; diminuição da conta de energia do asilo liberando recursos para outros gastos/investimentos; postergação de novos investimentos na geração de energia elétrica.

Duração esperada dos benefícios:
Lâmpadas: 5 anos / Sistema de Aquecimento Solar: 20 anos

Investimentos:
Previstos: R$ 15.000,00

Realizados: R$ 104.711,25

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
669,11

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
164,91

Relação Custo Benefício - RCB:
0,47

 

SUBSTITUIÇÃO DE GELADEIRAS E LÂMPADAS PARA COMUNIDADE BAIXA RENDA EM POÇOS DE CALDAS - MG - 3ª ETAPA

Período do Projeto:
01/07/2015 à 31/10/2016

Objetivo:
Reduzir o consumo de energia elétrica em residências de clientes de baixo poder aquisitivo através da substituição de refrigeradores pouco eficientes e/ou em má situação de conservação e lâmpadas incandescentes ou LFC por equipamentos mais eficientes energeticamente (refrigeradores com selo PROCEL e lâmpadas LED).

Abrangência:
Clientes residenciais do município de Poços de Caldas – MG (área de concessão da DME Distribuição). A execução deste projeto contemplou 610 famílias enquadradas na tarifa social.

Energia Economizada:
111,9 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
14 kW

Impactos Sociais e Ambientais:
Incentivo à substituição de equipamentos ineficientes por modelos mais modernos e eficientes, com certificação PROCEL. Disseminação do conceito de eficiência energética e escolhas sustentáveis, que geram economia de energia e preservam o meio ambiente.

Duração esperada dos benefícios:
Lâmpadas: 5 anos / Refrigeração: 10 anos

Investimentos:
Previstos: R$ 1.083.307,16

Realizados: R$ 1.101.498,37

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
964,72

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
127,60

Relação Custo Benefício - RCB:
0,76

 

INSTALAÇÃO DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR E SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS NO CONDOMÍNIO RESIDENCIAL JARDIM DOS PASSÁROS

Período do Projeto:
01/10/2015 à 24/02/2017

Objetivo:
Reduzir o consumo de energia elétrica em residências de clientes de baixo poder aquisitivo através da substituição de chuveiros elétricos e lâmpadas incandescentes ou LFC por sistemas de aquecimento solar de água e lâmpadas LED respectivamente.

Abrangência:
Clientes residenciais do município de Poços de Caldas – MG (área de concessão da DME Distribuição). A execução deste projeto contemplou 224 famílias localizadas no Condomínio Residencial Jardim dos Pássaros.

Energia Economizada:
184 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
66 kW

Impactos Sociais e Ambientais:
Redução no valor da fatura de energia elétrica de consumidores baixa renda, democratização do uso de tecnologias que utilizam recursos renováveis para aquecimento de água e postergação de novos investimentos na geração de energia elétrica.

Duração esperada dos benefícios:
Lâmpadas: 5 anos / Sistema de Aquecimento Solar: 20 anos

Investimentos:
Previstos: R$ 811.348,80

Realizados: R$ 739.777,47

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
626,72

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
224,63

Relação Custo Benefício - RCB:
0,79

 

INSTALAÇÃO DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR E SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS NO CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PARQUE DAS NAÇÕES

Período do Projeto:
01/10/2015 à 24/02/2017

Objetivo:
Reduzir o consumo de energia elétrica em residências de clientes de baixo poder aquisitivo através da substituição de chuveiros elétricos e lâmpadas incandescentes ou LFC por sistemas de aquecimento solar de água e lâmpadas LED respectivamente.

Abrangência:
Clientes residenciais do município da área de concessão da DME Distribuição (Poços de Caldas – MG). A execução deste projeto contemplou 192 famílias localizadas no Condomínio Residencial Parque das Nações.

Energia Economizada:
162 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
61 kW

Impactos Sociais e Ambientais:
Redução no valor da fatura de energia elétrica de consumidores baixa renda, democratização do uso de tecnologias que utilizam recursos renováveis para aquecimento de água e postergação de novos investimentos na geração de energia elétrica.

Duração esperada dos benefícios:
Lâmpadas: 5 anos / Sistema de Aquecimento Solar: 20 anos

Investimentos:
Previstos: R$ 700.370,40

Realizados: R$ 637.941,98

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
626,72

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
224,63

Relação Custo Benefício - RCB:
0,79

 

ESCOLAS E CIDADÃOS ECOEFICENTES REDE ESTADUAL

Período do Projeto:
06/03/2014 à 31/07/2017

Objetivo:
Capacitar professores da rede pública estadual para multiplicar conceitos básicos de eficiência energética e conscientizar a comunidade escolar para a importância do combate ao desperdício de energia elétrica e também, da coleta seletiva que proporciona a economia de energia elétrica por meio da reciclagem dos resíduos.

Abrangência:
O projeto foi realizado em 8 escolas da rede estadual de ensino (Cliente: Poder Público), do município de Poços de Caldas - MG (área de concessão da DME Distribuição), abrangendo 2.900 alunos do ensino fundamental e 21 educadores.

Energia Economizada:
69,57 MWh/ano

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
Não se aplica para projetos educacionais

Impactos Sociais e Ambientais:
Contribuir para a formação de cidadãos responsáveis através da abordagem de questões relativas à ética e a cidadania, conservação do meio ambiente, sustentabilidade, importância do consumo consciente, reciclagem e reaproveitamento dos recursos.

Durante a execução do projeto, houve um incremento na renda mensal dos cooperados da Cooperativa Ação Reciclar, em função dos resíduos arrecadados nas escolas participantes do projeto.

Também foram recolhidas 1534 lâmpadas fluorescentes (contendo mercúrio) geradas pelas escolas, alunos e professores participantes do projeto, as quais foram encaminhadas para descontaminação com posterior reciclagem.

Duração esperada dos benefícios:
Não se aplica para projetos educacionais

Investimentos:
Previstos: R$ 142.175,00

Realizados: R$ 121.042,75

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
Não se aplica para projetos educacionais

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
Não se aplica para projetos educacionais

Relação Custo Benefício - RCB:
Não se aplica para projetos educacionais

 

CAMPANHA POUPESTAR - SOBRE O USO EFICIENTE DE ENERGIA ELÉTRICA E BANDEIRAS TARIFÁRIAS - 2017

Período do Projeto:
1/11/2017 a 30/11/2017

Objetivo:
Campanha de esclarecimento das Bandeiras Tarifárias e Uso Eficiente de Energia Elétrica, prevista na Resolução Normativa ANEEL nº 649/2015, classificada como projeto prioritário, executada de maneira cooperada por empresas distribuidoras de energia elétrica do Brasil, através do Instituto ABRADEE.

Abrangência:
Clientes de todo o território nacional

Energia Economizada:
Não se aplica para este tipo de projeto

Demanda Evitada no Horário de Ponta:
Não se aplica para este tipo de projeto

Impactos Sociais e Ambientais:
Incentivo à substituição de equipamentos ineficientes por modelos mais modernos e eficientes, com certificação PROCEL. Disseminação do conceito de eficiência energética e hábitos sustentáveis, que geram economia de energia e preservam o meio ambiente.

Duração esperada dos benefícios:
Não se aplica a este tipo de projeto

Investimentos:
Previstos: R$ 13.091,00 (parcela apenas da DMED)

Realizados: R$ 13.091,00

Custo Evitado de Demanda (R$/kW):
Não se aplica a este tipo de projeto

Custo de Energia Evitada (R$/MWh):
Não se aplica a este tipo de projeto

Relação Custo Benefício - RCB:
Não se aplica a este tipo de projeto

  

 

 

 

Quem Somos

As empresas do Grupo DME são: empresas públicas, ou seja, capital 100 % público; constituídas sob a forma de sociedade anônima, pois esta é a única forma societária que permite às empresas terem somente um acionista; e de capital fechado, ou seja, não poderão negociar seus valores mobiliários no mercado, constituídas nos termos da Lei Complementar Municipal n.º 111, de 26/03/2010.

 

Links

Boletim DME

Redes Sociais